Primeiro dia de Enem tem atrasos e trânsito complicado em Fortaleza

Pontualmente às 12h, estudantes de todo o Brasil começaram a fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste sábado (26). Debaixo do forte sol de Fortaleza, os estudantes enfrentaram grandes filas nos terminais, trânsito caótico e reclamaram da falta de ônibus.

495.095 pessoas foram inscritadas na prova no Ceará.

A tensão começou antes mesmo da prova iniciar. Já fora das salas de aulas os transtornos se multiplicaram. Quem estava na avenida Washington Soares, por exemplo, e perdeu o horário passou por uma verdadeira via-crucis: engarrafamento, dificuldade de mobilidade, obras e falta de informação.

A aluna Ana Miranda de Sousa, 23, não aguentou o ônibus lotado e desceu do coletivo na chance de, que indo a pé, chegasse mais rápido. "Corri muito, mas não consegui chegar. A gente passa o ano se preparando e na hora final dá tudo errado", disse chateada.

Se alguns perderam a hora, outros já chegaram cedo demais. A contadora Ana Lourdes Soares, 28, mal dormiu de tanta ansiedade, chegou 3 horas antes de começar a prova. "Já venho me preparando há muito tempo e não deixaria nada acontecer de errado", afirmou.

No Colégio Santo Inácio, no bairro Dionísio Torres, a movimentação foi tranquila. Nenhum estudante chegou após as 12h. Conforme a Chefe de Sala do colégio, em torno de 1 mil alunos fazem a prova na instituição.

Doméstica realiza prova sem estudar há 18 anos

O perfil de quem realiza o Enem é bem variado. Além dos jovens, há presença também de adultos, pessoas mais idosas, gente que queria tentar uma outra faculdade, dar novos rumos para a vida profissional.

Há 18 anos sem estudar, a doméstica, Ilária Viana, 40, fez Enem na companhia da filha. "Uma está na torcida da outra. Vamos passar juntas e comemorar muito", afirmou.

Vários estudantes do 1° e 2° ano também aproveitaram a prova para treinar e tentarem concluir o ensino médio utilizando a nota da prova. Um deles é o estudante do 2° ano do Ensino Médio, Gabriel Moura, de 16 anos. Ele tenta pela primeira vez a prova. "Farei a prova para testar meus conhecimentos", afirmou o estudante, que pretende cursar Design na Universidade Federal do Ceará (UFC).

Trânsito complicado na Capital

Entre 10h e 11h, o trânsito nas avenidas Antônio Sales, Virgílio Távora e Santos Dumont era tranquilo. O fluxo se intensificou após as 11h10, quando muitos estudantes estavam chegando aos locais de prova.

Com forte congestionamento, vários estudantes desceram dos veículos e coletivos e foram a pé para o local de prova. Foto: Bruno Gomes

A Etufor informou que colocou 57 ônibus extras para atender à demanda da prova e do evento religioso Evangelizar, na Praia de Iracema. O reforço no efetivo começou às 8h deste sábado e se estenderá até 1h da madrugada do domingo (27).

O órgão também avaliou como "tranquila" a movimentação e afirmou que quem se programou e saiu com antecedência, a Etufor conseguiu atender.

Além do engarrafamento, motoristas também reclamaram da falta de orientação. Os agentes da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) cruzaram os braços nesta manhã e promete ficar até a próxima terça-feira.

Em nota, a assessoria da AMC afirmou que a Prefeitura espera que haja "obediência ao que determina a legislação e ressalta que uma reunião já estava agendada com o prefeito para a próxima terça-feira (29). Entretanto, a mesma foi adiada em virtude da paralisação".

Fonte: dn

Contato

HJ Noticias Rua Teresina, 493 - Bairro Henrique Jorge
Fortaleza
60521094
85 86937910 irapuanmoreira@gmail.com